Our Recent Posts

Tags

Nenhum tag.

Quando a vida vale a pena


Como saber se uma vida vale ou valeu pena? Pelo dinheiro que acumulado? Pela quantidade de conforto ou fama? Há tempos pesquiso sobre isso. Entendi que a parte final da história de Paulo de Tarso, o apóstolo, ajuda a responder a pergunta.

No final da década de 60 d.C., ele estava preso em Roma sob a acusação de ser cristão. Na Roma de Nero, ter essa crença era delito grave - aliás, falarei sobre isso na minha próxima série, que será lançada em breve.

Bem, Paulo estava preso num lugar imundo, tinha sido açoitado e, muito provavelmente, não lhe davam o necessário para comer ou beber. Esse cenário é terrível para qualquer um de nós. É desesperador. O apóstolo, no entanto, encarou seu destino com determinação. Por quê?

Podemos ver isso nas linhas que escreveu pouco antes de ser decapitado: a Carta a Timóteo.

Repare bem: na cadeia, ele estava escrevendo uma carta e poderia ter escrito: “Socorro. Tirem-me daqui!”. Isso indicaria que estava amedrontado, o que seria aceitável dada a situação. Mas não. Paulo aproveitou o tempo que lhe restava para registrar e divulgar a mensagem que mudou o rumo de sua história: o amor de Jesus. É que esse era o propósito de sua vida.

Acredito que ele não se importava com o que fariam, e sim com o que tinha que fazer.

Na carta, ele passa instruções e confiança a Timóteo, seu sucessor. Apesar de todo o terror daquela prisão, imagino que naquele momento derradeiro, o apóstolo estava leve e realizado. Digo isso com base no que ele mesmo escreveu na tal carta: “Deus não nos deu o espírito de medo, mas de poder, de amor e de equilíbrio”.

Não é incrível? Em vez de estar apavorado, Paulo deixou claro que não tinha espírito de medo. Além de firme na fé em Deus, o apóstolo estava cumprindo o seu propósito de vida.

E é nisso que acredito: quando cumprimos o nosso propósito, nenhum mal do entorno - seja ele qual for -, nem injustiça, nem carência são capazes de nos abalar, de roubar nossa satisfação, nem a certeza de que estamos fazendo o que é certo. E isso nos enche de uma paz que o mundo não conhece e dinheiro nenhum compra.

Vale pra quem acredita!