Our Recent Posts

Tags

Nenhum tag.

‘Quem com espada fere, com espada será ferido’


Quem não aprende com as histórias, repete erros. Veja só: essa aí é a Praça da Bastilha, em Paris, um dos símbolos da Revolução Francesa. Um dos líderes daquele movimento foi Maximilien Robespierre (1758-1794), o incorruptível.

Ele tinha uns ideais lindos, queria acabar com os privilégios e era contra a monarquia. Em 14 de julho de 1789, o povo tomou e derrubou a Prisão da Bastilha (que era nessa praça) — aliás, mês que vem se completam 230 anos desse episódio. A monarquia francesa veio abaixo em 1792. E no ano seguinte, o rei Luís XVI perdeu a cabeça na guilhotina. Na sequência, Robespierre, líder dos jacobinos, deu a outros inimigos o mesmo destino. Já não era mais o mesmo. Mudara com o poder.

Conta a História que, em 49 dias, mais de 1,6 mil pessoas foram assassinadas, e o período ficou conhecido como O Terror.

Acontece que em julho de 1794, Robespierre foi preso poropositores, os girondinos, e... mandado para a guilhotina. Teve o mesmo castigo mortal que impôs a muitos.

Aliás, o revolucionário tem uma frase famosa: "nada mais é do que a justiça rápida, violenta e inexorável. É, portanto, uma expressão da virtude".

Bem, Robespierre provou do mesmo “veneno”.

Faz lembrar um alerta dado por Jesus. Quando o Nazareno, que era perseguido pelos fariseus, foi preso, Pedro, um dos discípulos, saiu em defesa do mestre e atacou um soldado. No que Jesus ensinou: — Guarde a sua espada, pois quem usa espada será morto por espada.”

Tanto faz se você é simpático aos jacobinos ou aos girondinos, se prefere fariseus ou cristãos... a lição é a mesma: repete erros quem não aprende com as histórias.