Our Recent Posts

Tags

Nenhum tag.

‘A FELICIDADE É...’


Eis a vista do Monte das Bem-aventuranças, na região da Galiléia, em Israel. Foi aqui que Jesus fez um de seus mais famosos discursos - o Sermão do Monte - e que acabou por batizar o monte. Nesse lugar, ele explicou quem eram as pessoas bem-aventuradas (algo próximo de ‘felizes’). Porque o conceito de felicidade dele não é o mesmo dos demais. Foi assim: Jesus falou lá de baixo. As palavras dele se propagaram pelo ar e chegaram aos que estavam no alto do monte, como eu, nessa foto. Aliás, foram além. Os ensinamentos do jovem de Nazaré correram no boca a boca, foram escritos e divulgados por todo o mundo. Hoje, ninguém é capaz de apagar o que foi anunciado aqui há dois milênios. . Esse discurso está registrado no Novo Testamento. A mensagem de Jesus é, em geral, contrária ao pensamento dominante (daquela e dessa época. Ex.: Ele falou que é necessário amar os inimigos. Quem mais ensina ou concorda com isso?). Bem, nesse monte, entre outras coisas, ele disse o seguinte: “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus”. . As religiões, de lá para cá, formataram muitos conceitos e regras a partir da história de Jesus. Mas não é sobre elas que escrevo. Há religiões que impõem obrigações aos que querem “ver a Deus”. Só que Jesus é bem claro. Não precisa dar nada, não precisa ir a lugar nenhum, não precisa fazer qualquer tipo de sacrifício. Basta... um coração puro. É isto que nos aproxima de Deus, da paz, da segurança emocional, da esperança. Um coração puro. . Pode ser que muita coisa que você já tenha ouvido falar sobre Jesus não seja “bem assim”. Estar aqui é um aprendizado intenso, impactante. Jesus é o que ele disse ser, Ele é a palavra dele. E não o que dizem dele ou o que fizeram e fazem supostamente em nome dele. Ok? . Os homens complicam o simples. Por isso, Jesus vem na contramão. Vale pra quem acredita.